terça-feira, 21 de maio de 2013

Max Prejuízo critica ausência de médicos para fechar escala na UPA Zona Sul

O vereador Max Prejuízo (PSB) fez um discurso duro na manhã desta terça-feira, 21, durante o pequeno expediente na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), após constatar na manhã de hoje que não há previsão de pediatra na escala médica da Unidade de  Pronto Atendimento Fernando Franco (UPA Zona Sul), localizada no conjunto Augusto Franco, para o próximo sábado.


"Os médicos têm a obrigação moral de atender bem. Além de serem remunerados, a maioria é formada por universidades federais, custeadas pelo povo brasileiro. Não há como defender um sistema que está dando errado", asseverou Max Prejuízo.
Max: "Médicos tem obrigação moral"
O parlamentar, que teve o apoio de vários vereadores presentes no plenário, defende que "entidades com organização social possam gerenciar as unidades de pronto atendimento e maternidade, como acontece com o Hospital Santa Isabel, que apesar das dificuldades, não falta médicos e nem medicamentos, além de ter autonomia de gerenciar e contratar profissionais", disse Max.

Em visitas que vêm fazendo a diversas unidades de saúde do município de Aracaju, acompanhando e fiscalizando o sistema de saúde oferecido, o parlamentar constatou problemas com a escala médica que não atende a demanda da população.

Nenhum comentário:

Postar um comentário