segunda-feira, 27 de maio de 2013

Hemose registra queda de 20% nas doações de sangue

As doações de sangue realizadas no Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) reduziram 20% entre o mês de abril e maio deste ano. Para manter o estoque da unidade, que é responsável pela coordenação e distribuição de hemocomponentes no Estado, são necessárias 120 bolsas por dia. No entanto, a média diária permanece em 80 doações.

 
A gerente de coleta do Hemose, Florita Aquino, explica que doar sangue é um procedimento rápido, seguro e indolor. Uma bolsa pode salvar até quatro vidas. Depois da coleta, o sangue doado passa por um processo de separação de hemocomponentes (plaquetas, plasma e hemácias) que são enviados aos receptores, conforme pedido médico.

“Manter o estoque do Hemose sempre abastecido só depende da doação, que é um ato de solidariedade e de cidadania. Ninguém está livre da necessidade de uma transfusão. Hoje, o cidadão doa para uma pessoa que não conhece. Amanhã, poderá salvar a vida de um familiar”, pontua Florita.

Para ser um doador de sangue é muito fácil. Basta ter entre 16 a 67 anos e pesar mais de 50 quilos. Os menores de 18 anos precisam da autorização dos pais, junto com cópia de documentos de identidade do doador e do pai ou responsável pelo menor.
O Hemose funciona diariamente de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h e, aos sábados e feriados, das 8h às 12h. Informações pelo site www.hemose.se.gov.br e pelos telefones (79) 3225-8000 e 3259-3174.

Nenhum comentário:

Postar um comentário