segunda-feira, 13 de maio de 2013

Deputados vistoriam Maracanã

Dando continuidade as vistorias técnicas das Arenas da Copa do Mundo, realizadas pela comitiva da Comissão de Turismo e Desporto (CTD), da Câmara Federal, coordenada pelo senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), presidente da Comissão de Turismo do Senado Federal e pelo vice-presidente da CTD, deputado Valadares Filho (PSB-SE), hoje (13/05), foi a vez da Arena Maracanã, no Estado do Rio de Janeiro.

Os parlamentares observam um certo atraso no entorno do estádio que podem atrapalhar a mobilidade dos torcedores até os jogos. “Algumas obras preocupam, principalmente em torno do maracanã, que estão bem atrasadas. Estas não serão concluídas até o início da Copa das Confederações, mas os administradores garantiram que estarão prontas para a Copa do Mundo”, coloca o deputado Valadares Filho.
 
Senador Valadares e Valadares Filho visitam Maracanã
A comitiva visitou todos os ambientes do Estádio, que já está com 97% das obras de avanço físico concluídas. O investimento previsto era de R$ 882,9 milhões, mas problemas relacionados a cobertura e a própria infraestrutura do Maracanã fizeram com que o contrato fosse aditivado para R$ 1,049 bilhão. As obras tiveram início em agosto de 2010 e geraram 6.500 empregos, até este mês.

            Mesmo com o atraso das obras paralelas à reforma da arena, os parlamentares ficaram impressionados com a dimensão do novo Maracanã. “A estrutura física impressiona, visitamos todos os setores, camarotes, acesso ao publico, vestiários e vimos que acompanha a modernidade de todas as arenas desse porte”, explica Valadares Filho.

O público poderá assistir aos jogos através de quatro telões, de aproximadamente 100m2, cada. A modernização da parte hidráulica permitirá uma redução de mais de 25% do consumo de água e mais de 45% do consumo de água potável para irrigação.

O vice-presidente da CTD avalia a vistoria como positiva. “Esta é uma oportunidade de verificar de perto e cobrar o adiantamento dessas obras, vimos aqui um estádio muito bonito e em fase de acabamento, mas o entorno ainda requer atenção especial, por isso estamos visitando os seis estádios da Copa das Confederações”.

O aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, Galeão, também recebe modificações para as Copas, dois terminais estão sendo reformados e serão finalizados até o final deste ano. Um investimento de R$ 850 milhões para comportar o público que o país receberá durante a Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas de 2016.

A comitiva foi recebida pelo superintendente do Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim (Galeão), Emmanoeth de Sá. Também participaram da visita o presidente da Empresa de Obras Públicas (EMOP), Ícaro Moreno e os deputados Carlos Cadoca (PSC-PE), Chico Alencar (PSOL-RJ), Eurico Júnior (PV-RJ), Deley (PSC-RJ).

Nenhum comentário:

Postar um comentário