quarta-feira, 15 de maio de 2013

Ana defende greves e paralisações do estado

A deputada estadual Ana Lúcia (PT) foi ao grande expediente na manhã desta quarta-feira, 15, pedir que a casa parlamentar se posicione diante das paralisações e greves que estão ocorrendo no estado. Ela registrou a greve dos servidores públicos, deflagrada na última segunda-feira, a paralisação dos trabalhadores da construção civil e a paralisação dos professores que acontecerá nos dias 22 e 23.


Ana informou que não são apenas os professores que paralisaram, mas que todos os funcionários da escola estão em greve, um dos principais motivos é a precariedade das escolas.

Lembrou que desde ontem os professores de São Cristóvão estão ocupando a Secretaria Municipal de Educação do Município, devido ao descaso da gestão em relação aos professores que permanecem com salários cortados, ameaças de demissão e outros direitos suprimidos.

“Essa ocupação é fruto de ações arbitrárias de uma prefeita que é professora da rede. Queremos que a prefeita pague o que deve para que os professores possam retornar as salas de aula”, exigiu.

Retomou a preocupação com a situação da educação no estado, e que neste momento não está sendo prioridade para o governo. “A educação é estratégica para qualquer nação”, ressaltou.

Segundo a educadora, o plano de carreira que foi aprovado na casa já perdeu a vigência quando deixou de ser respeitado. “A carreira está toda destruída, a partir do projeto lei 213 nós perdemos o escalonamento, os professores de nível médio que tem direito ao piso perderam as letras, então o professor hoje no inicio da carreira ganha R$ 1.567, e os aposentados também como piso, e a carreira desses professores está sendo prejudicada. Eu quero saber qual é a prioridade para a educação nesse estado?”, questionou.

Na ocasião informou que amanhã, 16, haverá uma reunião com a presidenta do Sintese, Angela Melo, e o Secretário de Educação do Estado, Belivaldo Chagas no intuito de buscar respostas para os desafios encontrados na educação.

45 anos da UFS
Durante a sessão Ana parabenizou a Universidade Federal de Sergipe pelos 45 anos e todo o seu corpo docente, dicente e funcionários. Destacou o relevante serviço que a Universidade tem prestado para o estado e para a nação no campo das pesquisas, com contribuições inovadoras.

Homenageou João Cardoso, primeiro reitor da universidade, que manteve uma postura progressiva e de coragem ao enfrentar a ditadura civil militar e proteger os estudantes frente a opressão.



Leia mais:

 

Cobrança nos estacionamentos do shoppings: Deputada pede apoio da OAB

 

Justiça Eleitoral cancela 71 títulos de eleitor em Sergipe

 

Déda anuncia investimentos para saneamento e oferta de água

 

Prefeito empossa novos guardas municipais e anuncia concurso para mais 450

 

Sessão especial na CMA celebrará Dia Internacional de Combate à Homofobia

 

Moradores denunciam problemas no Fernando Collor

 

Chuvas em Sergipe vão continuar até agosto

 

Ana defende greves e paralisações do estado

 

Laranjeiras: Prefeito e vereadores cobram do Banese melhorias para a agência de laranjeiras

 

Professores de São Cristóvão ocupam Secretaria Municipal de Educação

 

Senador Valadares discute reflexo da crise financeira mundial e defende o fortalecimento dos municípios

 

PGE viabiliza a implantação do Programa Estadual de Educação Prisional

 

Para levar nova frequência de 4G, empresas terão que fazer investimentos em banda larga

 

Transposição do São Francisco: Ministério conclui licitações

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário