terça-feira, 9 de abril de 2013

Valadares Filho quer incentivar programas de incentivo à prática esportiva nas escolas

Em audiência pública realizada hoje 09/04, na Comissão de Turismo e Desporto, o deputado Valadares Filho (PSB-SE) indagou ao Ministro do Esporte, Aldo Rebelo, quais são os incentivos que o Ministério do Esporte tem para fomentar o esporte escolar na juventude.
Valadares Filho destacou que a prática esportiva nas escolas é um dos grandes estímulos para que a juventude possa se interessar pelo esporte. O parlamentar destacou que programas como os Jogos Escolares da Juventude tem se revelado de grande importância para o surgimento de novos atletas. 
 
“Especialmente nesse momento em que o Brasil vai sediar grandes eventos esportivos como a Copa de 2014 e as Olimpíadas em 2016, é importante dar condições para que o jovem se interesse pelo esporte”, disse ele.

O deputado sergipano falou ainda que, segundo dados do censo escolar, menos de 30% das escolas públicas de ensino fundamental têm quadras de esporte, sendo que nas Regiões Norte e Nordeste esse percentual cai para menos de 10%. “Como que o Brasil pretende formar atletas para as Olimpíadas em 2016 sem a estrutura mínima nas escolas? Quais as ações em curso que visam mudar essa realidade”, indagou Valadares Filho.

O ministro esclareceu que, em seu entendimento, a base para formação de atletas está nas escolas e o que está faltando para que seja fomentada a prática esportiva nos estabelecimentos de ensino é uma política institucionalizada para o esporte assim como ocorre para saúde e educação, que define responsabilidades para cada ente federativo.

“Precisamos de uma política que dê atribuições definidas para cada ente da Federação, que define o que a União tem de responsabilidade; o que o estado tem de responsabilidade; o que o município tem de responsabilidade”, disse o ministro.

Aldo Rebelo propôs que a Comissão de Turismo e Desporto reúna com especialistas na área e técnicos do Ministério do Esporte a fim de elaborar, em conjunto com o Ministério do Esporte, um projeto que dê ao país uma política de esporte permanente e estável e que regulamente os programas já existentes, como o Programa Segundo Tempo.

Com relação aos equipamentos, como estádios, por falta dessa política institucionalizada, há uma série de dificuldades na operacionalização. O ministro destacou que, o governo federal, fornece os equipamentos, só que é preciso fazer um convênio com os municípios para operacionalização.  “É necessário enfrentar esse desafio e elaborar uma política consistente para que o Brasil possa avançar em relação à implantação de políticas públicas de incentivo à prática esportiva”, disse Aldo Rebelo.

O incentivo à prática esportiva entre os jovens brasileiros por meio de implementação de políticas públicas consistentes e efetivas é uma antiga preocupação do deputado Valadares Filho, que já apresentou alguns projetos de lei nesse sentido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário