quinta-feira, 18 de abril de 2013

Valadares Filho destaca aprovação do Estatuto da Juventude


Em pronunciamento feito hoje o deputado Valadares Filho (PSB-SE) destacou a importância da aprovação do Estatuto da Juventude, pelo Senado Federal, na última terça-feira. “Esse Estatuto, ao mesmo tempo é uma segurança e um instrumento de luta para quem tem de 15 a 29 anos”, disse ele. Segundo Valadares, a matéria, que ainda retornará para apreciação dos deputados (seu texto foi modificado pelos senadores), tem vários objetivos, englobando matérias como acesso à Educação, Cultura Saúde e formas de salvaguardo da violência.
 
O parlamentar avaliou que a aprovação do Estatuto da Juventude foi uma conquista para todos os jovens. “Gostaria de celebrar essa conquista e dedicá-la à juventude de meu Estado de Sergipe, onde milito desde adolescente. Desse segmento da população retirei meu aprendizado e com ele mantenho minha solidariedade”, disse com orgulho o parlamentar sergipano.   

Valadares Filho destacou sua intervenção, como deputado federal, na busca da melhoria das políticas públicas para os jovens. “Ainda semana passada tive a satisfação de ver aprovada da Comissão de Trabalho desta Casa uma proposição minha que aumenta o valor das bolsas oferecidas no âmbito do Projovem”, disse.       

O deputado sergipano também faz questão de mostrar o quanto os jovens brasileiros precisam de políticas públicas que possibilitam sua inclusão social. Citou dados do IBGE de 2008, que mostram que a população brasileira entre 15 e 29 anos é de cerca de 50 milhões. Destes, ao menos dois milhões de jovens vivem em favelas, sendo que a maior parte deles é de negros (66,9%); e aproximadamente 30% dessas pessoas fazem parte de famílias com renda de até meio salário mínimo.  Dos jovens estudantes do primeiro ao nono ano, matriculados e que trabalham, a ocupação é geralmente precária: quase metade não tem carteira assinada e 71% ganham menos de um salário mínimo; e ainda, 22% dos jovens entre 18 e 19 anos fora da escola, sem ter completado o ensino fundamental. “Esses dados confirmam a importância da aprovação do Estatuto da Juventude”.

O deputado lamentou o fato de que o substitutivo do Senado Federal não ter assegurado a meia entrada para os eventos da Copa das Confederações, para a Copa do Mundo de 2014, e para as Olimpíadas de 2016. Mas comemorou a aprovação da meia entrada para os demais eventos culturais e esportivos,   sendo universalmente aceita para os estudantes, mas para os demais jovens, condicionada à comprovação de uma renda familiar de até dois salários mínimos. “É uma conquista para uma parcela que, certamente, ficaria de fora do acesso a tais ingressos”.          

Valadares Filho pediu ainda a atenção de todos os deputados para agilizar a votação do Estatuto da Juventude. “Peço o apoio de todos para que esse projeto, ao chegar aqui, não fique dormitando. Ele é prioritário e merece esse tratamento. Esperemos para logo sua inclusão em pauta”, concluiu Valadares Filho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário