terça-feira, 23 de abril de 2013

Só no mês de março, 375 empresas foram abertas em Sergipe


Com o crescimento da economia, o número de empreendedores brasileiros continua evoluindo. E em Sergipe não é diferente. No mês de março, por exemplo, foram abertas 375 empresas. O índice representa um crescimento de 12% com relação a fevereiro deste ano, quando foram abertos 330 estabelecimentos.

No acumulado de janeiro a março de 2013, são 1.117 novas empresas. O índice é o segundo melhor de toda a história da Junta Comercial de Sergipe para o período – o primeiro foi o do ano passado, quando foram registrados 1.122 novos negócios, apenas cinco a mais que este ano.

Para Vinicius Mazza, presidente da Jucese, o número é um indicativo importante de que os sergipanos apostam na economia e nas políticas públicas de fomento ao registro mercantil. “Mais do que isso: provam que o empreendedorismo tem ganhado cada vez mais força, o que motiva as Juntas Comerciais a buscarem novas metodologias de atendimento ao público”, esclarece.

“Deixamos de ser um órgão puramente cartorial e estamos acompanhando o desenvolvimento da economia como agentes participativos, de forma que nossa atuação também garante esse interesse pelo abertura do próprio negócio”, completa Vinicius Mazza.
Segundo ele, o atendimento rápido e menos burocrático aliado à tecnologia, faz com que os futuros empreendedores percam o receio de investir num negócio próprio, já que tem a garantia de processos mais ágeis e sem riscos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário