quarta-feira, 24 de abril de 2013

Sergipe não registra óbitos por dengue

Estamos no período mais chuvoso do ano e a luta para combater a dengue continua.  Além das ações de combate e prevenção à doença, a Secretaria Estadual da Saúde (SES) anuncia que tem se mantido alerta para o controle da incidência da dengue em Sergipe. No primeiro trimestre de 2013, foram notificados 576 casos, 86 confirmações da doença e nenhum óbito. 


Esses índices são muito inferiores aos registrados no mesmo período de 2012, quando 4.264 casos foram notificados, 1.672 confirmados. De acordo com a matéria publicada no jornal Correio Braziliense, no dia 11 de abril, a incidência da dengue no estado é de 18,6 casos para casa 100 mil habitantes, dado que representa uma das menores incidências do país. 

“Na última semana, diante da suspeita de que um adolescente foi a óbito, vítima de dengue hemorrágica, iniciamos o processo de investigação através da realização de exames específicos como o sorológico e o de detecção do vírus. Em nenhum desses exames o diagnóstico foi positivo. Ainda assim, faremos uma nova análise como parte do processo”, garantiu a coordenadora do Núcleo de Endemias da SES, Sidney Sá. 

Alerta 
Além das ações por parte da SES, a população deve estar atenta aos possíveis focos em suas residências. É preciso que cada um atue como um agente dentro do seu lar e fique alerta a sua vizinhança. 

Os principais sintomas da dengue são febre, dor de cabeça, atrás dos olhos, no corpo e nas articulações. Caso não seja tratada adequadamente, a doença em estágio grave pode causar sangramento, choques e levar à morte. “A população precisa tomar todas as precauções e evitar a proliferação do mosquito. É fundamental não deixar água parada, principalmente nos locais onde o mosquito se reproduz com facilidade como pneus, caixa d’água destampada, lavanderias, latas e garrafas abandonadas, entre outros. Além de trocar a água das lavanderias, constantemente, é necessário lavar as paredes para retirar os ovos do mosquito”, alertou Sidney Sá. 

O cidadão que manifestar alguns dos sintomas deve procurar imediatamente uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e não tomar medicamentos sem orientação médica. A hidratação é muito importante.




LEIA TAMBÉM:

 

Emmanuel volta a cobrar laudos que comprovem emergência em obra da 13 de Julho

 

Relatório do TCE detalha ocorrências processuais do município de Capela

 

Dirigente nacional do PT discute em SE impactos da crise econômica no Brasil

 

Jackson Barreto mantém diálogo com empresários espanhóis

 

Valadares Filho quer incentivar a prática esportiva nos municípios

 

Max Prejuízo defende Consórcio Público como solução para o transporte

 

Sergipe não registra óbitos por dengue

 

Mais de 80% dos brasileiros acham que é fácil desobedecer lei no país, diz pesquisa

 

Propaganda partidária custará R$ 300 milhões em 2013

 

Número de smartphones duplica em um ano

 

Deputado quer proibir caveira como símbolo policial

 

Listas de filiados a partidos políticos no Brasil já estão disponíveis no Portal do TSE

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário