terça-feira, 30 de abril de 2013

Rogério comanda “ Caravanas do PT” neste sábado, em Estância



Um sucesso. Assim resumiu o presidente do PT em Sergipe e deputado federal Rogério Carvalho ao falar das “Caravanas Regionais do PT”, mobilização do partido que têm acontecido regularmente aos sábados, nas regiões do Estado. “ A idéia surgiu em novembro, como uma forma de mobilizarmos a militância por regiões, para discutirmos juntos a Conjuntura Nacional e Estadual, elaborarmos o Programa e Estratégia Partidária, através da  Construção partidária e plano de ação e por fim analisarmos uma tática, politica de alianças e programa para as Eleições 2014. Apresentei a idéia a executiva estadual e foi aprovada. Depois fiquei três meses afastado da presidência e quando reassumimos em março, realizamos um encontro com os presidentes estaduais do PT, apresentamos o cronograma e definimos que estes encontros regionais seriam classificados como Caravanas”, explicou o presidente.
 
Neste sábado, 04, a Caravana acontece em Estância, na Câmara Municipal a partir das 9H00 da manhã e convoca os militantes e executivas municipais das cidades de: ESTÂNCIA - SALGADO - BOQUIM - PEDRINHAS - ARAUÁ - ITABAIANINHA - TOMAR DO GERÚ - SANTA LÚZIA DO INTANHY - UMBAÚBA e CRISTINÁPOLIS.

 “É um momento para o Partido voltar as suas bases, discutir, avaliar, sugerir, ser mesmo o PT, mais partido. Além de lideranças, com cargos eletivos ou com cargo nos governos não podemos nos esquecer que somos militantes de uma única causa: a igualdade. Portanto, devemos continuar nos reunimos, nos encontrando, indo as ruas pelas causas sociais. Foi assim que o PT se construiu, foi assim que o PT transformou o país e é assim que vamos continuar dando nossa contribuição a este pais”, comentou.

Em Propriá- A caravana na cidade de Propriá, reuniu centenas de militantes e lideranças da região e as deputadas estaduais Ana Lúcia e Conceição Vieira, além dos deputados, o estadual João Daniel e o federal Márcio Macedo sob o comando do presidente estadual do PT, deputado federal Rogério Carvalho. Durante o evento, Rogério afirmous que o Partido dos Trabalhadores tem um grande desafio pela frente, “que é não permitir que a elite volte a dominar o Brasil e acabar com os interesses do povo”.

Segundo Rogério, “todas as vezes que o povo brasileiro teve a chance de mudar o poder, passamos por golpes como a ditadura militar, entre outras. Aproveitou para criticar a mídia, ao dizer que “a imprensa tem feito papel de partido. O que sai na imprensa, a nossa oposição repercute! Antes era o contrario, o político falava e havia a publicação”.

O presidente do PT afirmou ainda que o adversário do PT na disputa presidencial pode ser qualquer um: “Eduardo Campos (PSB), Aécio Neves (PSDB), Marina Silva (Rede). Todos serão usados pela mídia por interesse da elite. Para Rogério, “todos esses candidatos estão a serviço dos bancos, estão a serviço daqueles que ganharam a vida inteira

Carvalho admitiu que a caravana petista, que faz encontros em alguns municípios, é muito importante, “para que os companheiros tenham consciência do que acontece na política”. Citou o prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM) e disse que ele trabalho em Aracaju como candidato ao Governo: “faz mutirão nos bairros e criou 300 cargos para fortalecer a sua base”.

Sonhos – Rogério Carvalho, em sua fala, reconheceu que hoje os brasileiros têm um país diferente de 2002: “Naquele tempo tinham roubado os sonhos dos brasileiros. Mas o PT nacional devolveu isso a nós todos”.

Lembrou ainda que “Hoje, os brasileiros podem ter carro, casa, podem estudar em faculdades. O PT nacional devolveu essa possibilidade aos brasileiros”. Segundo Rogério, o Brasil foi o único pais do mundo que promoveu desenvolvimento econômico incluindo pessoas. O Brasil incluiu os brasileiros que não eram vistos, através dos programas sociais”.
Para o deputado petista, “o que está em disputa em 2014 é se esse processo vai continuar ou não! Nós, além de políticos, somos militantes de uma causa: a igualdade”. E concluiu: “numa democracia ter alternância de poder é natural, mas não podemos correr o risco de passar pelo retrocesso, de voltar atrás”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário