quarta-feira, 17 de abril de 2013

Max Prejuízo preocupa-se com o destino dos catadores do lixão

Vereador apela à CDH/CMA que acolha às famílias que sobreviviam do lixão

Durante o Pequeno Expediente na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), o vereador Max Prejuízo (PSB) utilizou a Tribuna, na tarde desta quarta-feira (17), para fazer um apelo à Comissão de Direitos Humanos da CMA para que acompanhasse e cobrasse do Poder Executivo o acolhimento das pessoas que sobreviviam do lixão.

"A retirada desse lixão foi de extrema importância para nossa cidade. Algo verdadeiramente histórico. Mas não podemos deixar de nos preocupar com todas as pessoas, cerca de 300 famílias, que sobreviviam desse lixão. É necessário que a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal tenha um olhar de acolhimento e que acompanhem que destino terão os agora ex-catadores do lixão, para que eles não passem por mais privações, por mais sofrimento do que já passam hoje, sobrevivendo do lixão", disse o parlamentar.

Canal 5
O vereador Max Prejuízo esteve reunido na manhã desta terça-feira com o diretor administrativo financeiro da Construtora Heca, Raimundo Cruz, cobrando a retomada das obras de cobertura do Canal 5, no conjunto Augusto Franco. "Enfim a verba saiu. Fui informado que o Ministério do Turismo, após intervenção que realizei em Brasília juntamente com o deputado federal Valadares Filho (PSB), liberou a verba para continuidade da obra. Raimundo garantiu que em um prazo de 15 dias a obra será retomada, prazo este necessário para reunir a equipe e material", comemorou o vereador.

Reforma da Creche
Ainda nesta terça-feira, Max reuniu-se com a secretária municipal de educação, Márcia Valéria, reivindicando celeridade na reforma da creche Antonio Valença Rollemberg, localizada no conjunto Augusto Franco. Durante a reunião a secretária comprometeu-se que o início da reforma se dará até a próxima semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário