quarta-feira, 27 de março de 2013

Ministro vem a Sergipe e anuncia início do SOS Emergências para abril

Na tarde de ontem o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, foi um dos palestrantes do I Encontro Estadual de Prefeitos e Prefeitas, realizado no Prodigy Beach Resort, na Barra dos Coqueiros. Padilha foi recepcionado pela Secretária de Estado da Saúde, Joélia Silva Santos, apresentou os principais programas do Ministério da Saúde para a Atenção Básica e falou sobre as possibilidades dos municípios obterem recursos para a saúde junto ao Governo Federal. O Ministro aproveitou a ocasião para anunciar o funcionamento do programa S.O.S. Emergências no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), já no próximo mês.

 
"Precisamos reduzir o tempo de espera aos usuários do SUS e ofertar profissionais mais próximos de onde a população precisa. Nada disso é possível sem uma forte parceria com os municípios e estamos confiando muito tanto nos prefeitos e secretários que foram reeleitos, como também nos novos prefeitos e prefeitas, novos secretários e secretárias. Queremos apostar nessa vontade que cada um têm para enfrentar os problemas de saúde nos municípios e sabemos que a saúde, nos planos municipal,estadual e federal, é a principal preocupação da população brasileira hoje",falou o ministro Alexandre Padilha em seu discurso de abertura.

"A vinda do ministro é o desdobramento de um primeiro momento que ocorreu em Brasília, onde a presidenta Dilma fez o acolhimento de todos os gestores municipais. As palavras de Padilha são importantes pois tratam das principais dificuldades dos prefeitos nesse início de gestão, e colocam todas as linhas de financiamento e as condições que os municípios têm para pleitear recursos", disse a secretária de Joélia Silva.

Para Saulo Eloy Filho, secretário da Saúde de Nossa Senhora do Socorro e presidente do Colegiado de Secretarias Municipais de Sergipe (Cosems), a vinda do Ministro é uma demonstração de muito respeito do Governo Federal ao Nordeste e Sergipe. "O Ministério tem percebido o esforço que Sergipe vem realizando na Saúde. Então, começar esse nível de discussões que ele apresenta hoje aqui em nosso Estado, é preponderante para o avanço significativo. Trazer essa agenda permanente de discussões e articulações, com os programas que estão sendo lançados pelo Ministério, é sem  de dúvidas, um momento único. Cabe ao municípios articular mais ainda, afim de colocar esses programas em prática", destacou.

S.O.S. Emergências
Uma das grandes notícias anunciadas pelo ministro Alexandre Padilha é o funcionamento do programa S.O.S. Emergências no Huse, a partir do mês de abril. Além da fiscalização pelo próprio gabinete da presidência da República, sobre o funcionamento dos Pronto Socorros que fazem parte do programa, a assinatura proporcionará a incorporação de mais recursos para investimento na porta de entrada do Huse. 

De acordo com o que está previsto na portaria 2395/2011 do Ministério da Saúde, o aporte inicial é de R$ 3 milhões para melhorias como reforma, compra de equipamentos e materiais para o Pronto Socorro. Além disso, a portaria prevê o repasse no valor de R$ 300 mil mensais para o custeio da porta de entrada do hospital.

"O ministro Padilha confirmou que no dia 19 de abril voltará a Sergipe. Iniciaremos um momento muito importante para nosso Estado. A porta de emergência do Hospital de Urgência de Sergipe se transformará no programa S.O.S. Emergências. Isso significa o monitoramento da presidência da República para verificar o acesso dos pacientes e o tempo de espera. Essa espera é o que precisamos reduzir ao máximo, pois as pessoas devem chegar aos serviços e serem acolhidas e atendidas dentro das suas necessidades imediatamente", afirmou Joélia Silva Santos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário