quarta-feira, 6 de março de 2013

Líder da oposição critica boato sobre ‘compra de deputados’

O líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputado estadual Venâncio Fonseca (PP), mostrou-se indignado com as afirmações feitas pelo motorista do Samu, Clístenes Lima, em sua página no Twitter, onde afirma que deputados foram ‘comprados’ por R$ 5 milhões para aprovar o pedido de empréstimo do Proinveste na Assembleia Legislativa. Segundo o suposto denunciante, as afirmações teriam sido feitas em Simão Dias. “É de dar risadas”, ironizou o parlamentar.


Venâncio disse que esperava boatos desta natureza e lembrou que numa reunião com o governador Marcelo Déda tratou do assunto. Segundo ele, o governador disse que o primeiro comentário que surgisse em relação ao Proinveste, envolvendo os deputados de forma negativa, tomaria as providências e trataria de dar uma resposta. “Quem deve responder é o governo. Interrogue o governador, pois só existe o corrupto quando há o corruptor”, explicou.
 
O líder da oposição disse que Marcelo Déda garantiu que, quando surgisse um boato desta natureza, seria ele quem faria a defesa dos deputados. “Os ‘ratos de rádio’ migraram para o Twitter e agora temos a figura do ‘rato de Twitter’. A gente sabe a quem eles prestam serviço. Eles não têm opinião própria, estão à serviço de alguém e se portam como se fossem pessoas dignas”, observou.




LEIA MAIS:

Líder da oposição critica boato sobre ‘compra de deputados’

CAE aprova nova regra para doações a campanhas eleitorais

Desempenho dos alunos do ensino médio ficou abaixo do nível adequado, revela pesquisa

Débitos com o município podem ser parcelados até fim de março

Déda viaja a Brasília com a expectativa de anunciar grandes investimentos para Aracaju

Parlamentares da oposição dizem que governo não forneceu subsídios para o voto sobre royalties

Parlamentares sergipanos são favoráveis à derrubadado veto da presidência à lei que redistribui os Royalties

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário