segunda-feira, 11 de março de 2013

Câmara terá comissão para avaliar fim do fator previdênciário

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, disse que vai retomar a discussão em torno do fim do fator previdenciário (PL 3299/08). Ele esteve reunido nesta tarde com sindicalistas que organizaram hoje uma marcha em Brasília e vieram reivindicar uma pauta de votações. “Essa discussão foi iniciada com o governo em maio do ano passado e precisa ser retomada”.


O presidente informou a representantes de seis centrais sindicais que vai formar uma comissão na próxima semana com indicados de todos os partidos para estudar uma solução para o fator previdenciário. Além disso, ele vai marcar uma audiência com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, para saber qual a posição atual do governo.
O deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), que participou da reunião, disse que a pauta também inclui a redução da carga horária de trabalho de 44 para 40 horas semanais. “A Câmara dos Deputados deve tentar facilitar um acordo entre empresários e trabalhadores.”
O governo havia concordado com uma proposta que recalcular o fator previdenciário, que é o desconto do trabalhador que se aposenta mais cedo, mas depois voltou atrás por causa da crise internacional.
O presidente da Nova Central Sindical dos Trabalhadores, José Calixto Ramos, saiu satisfeito da reunião e espera que os deputados concluam a votação. “Já ganhamos nessa casa, mas o projeto acabou sendo vetado.”



LEIA TAMBÉM:

 

Reforma do Código Penal tem novo debate dia 14

 

Igualdade de direitos para as domésticas está na pauta da CCJ

 

Câmara terá comissão para avaliar fim do fator previdênciário

 

Ferramenta da Fiesp permite calcular se o desconto na conta de luz está sendo aplicado

 

TJSE realiza 1ª reunião de acompanhamento das Metas 2013 do CNJ

 

Economia: Governo de Sergipe diz que vai reduzir em 20% suas contas públicas

 

“Lei da Igualdade” ainda aguarda votação no Plenário

 

Após reunião conciliatória, governador prevê envio do projeto do Proinveste esta semana

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário