segunda-feira, 11 de março de 2013

Após reunião conciliatória, governador prevê envio do projeto do Proinveste esta semana

Encontro do governador com a presidente da Assembleia, com o líder da oposição e com o senador Amorim foi positivo



Uma reunião com caráter conciliatório que poderá produzir um resultado extraordinário na história do desenvolvimento sergipano ao proporcionara aprovação unânime do Proinveste. Esta pode ser a descrição utilizada para definir o encontro promovido no início da noite da última sexta-feira, 8, entre o governador Marcelo Déda, a presidente da Assembleia Legislativa, deputada Angélica Guimarães, o deputado líder da oposição, Venâncio Fonseca, e o senador Eduardo Amorim, para discutir aspectos do programa Proinveste, cuja previsão é de que seja apresentado já na próxima semana para apreciação dos parlamentares estaduais.
 

“Depois de três horas de reunião de trabalho, onde examinamos as propostas e contrapropostas que foram apresentadas pela oposição e pelo governo, para construir uma proposta unificada de consenso para o Proinveste, produzimos um acordo sobre a matéria”, definiu o governador Marcelo Déda logo após a reunião.

Segundo o governador, este acordo unificou a posição do Governo do Estado com a posição dos parlamentares que fazem a bancada da oposição. Várias reivindicações foram incorporadas, sugestões examinadas e os vários cenários avaliados. “Algumas reivindicações foram prontamente atendidas, outras parcialmente atendidas, e algumas não tiveram condições de ser incluídas. Do mesmo modo, as sugestões do governo foram aceitas na sua imensa maioria e, eventualmente, alguns projetos apresentados por nós ou foram retirados ou tiveram sua configuração modificada para atender as sugestões apresentadas”, descreveu Marcelo Déda.

Entendimento
Ainda de acordo com a avaliação do governador, do ponto de vista do entendimento entre a oposição e o Governo do Estado se chegou a um avanço substancial. “Chegamos a um acordo geral. Agora, irei me reunir no começo da próxima semana com a bancada do Governo, onde farei uma apresentação aos deputados da base aliada sobre o novo desenho do Proinveste, de modo que os nossos deputados possam perceber que o projeto mantém a sua integridade, do ponto de vista da concepção que orientou a sua elaboração. O projeto não foi desfigurado e manteve as prioridades governamentais em sua imensa maioria”, salientou o chefe do Executivo. 

Os elementos sempre defendidos e votados pela base aliada, conforme o governador Marcelo Déda, foram, na sua essência e imensa maioria dos projetos, preservados. “Também me reunirei com o prefeito de Aracaju, João Alves Filho, na próxima semana, como tinha conversado sobre o tema ao lado da presidenta Dilma Rousseff, para também apresentar o resultado das conversas de hoje”, informou o governador. 

Ação Técnica
Paralelamente, o governador informou que os técnicos do governo estão elaborando os anteprojetos de lei e revendo a matriz do projeto (Plano de Investimentos) para que possa ser anexado ao projeto de lei, conforme reivindicação da oposição. “Vamos anexar ao projeto de lei a matriz de investimentos, de modo que em qualquer necessidade de alteração, possamos ter outra vez a Assembleia Legislativa como co-partícipe dessa operação por uma eventualidade que ocorra em um ou outro empreendimento”, detalhou Marcelo Déda. 

Unanimidade
Pela estimativa apresentada pelo governador, já na próxima semana pode haver condições de tramitar o projeto. “Creio que já teremos condições de encaminhar o projeto, e eu espero que, a partir da conversa que tive hoje, e da conversa que terei com o prefeito João Alves Filho, e da reunião que terei com a bancada da situação, nós poderemos ter, com certeza, uma aprovação unânime do Proinveste na Assembleia Legislativa. Isto é algo que nos tranquiliza e representa, na prática, uma vitória do estado de Sergipe”, sentenciou Déda. 

“Na hora em que governo e oposição se entendem sobre investimentos de aproximadamente R$ 500 milhões, e sobre renegociações de dívidas que permitirão ao Estado economizar recursos, com pagamentos em novas bases e juros mais baixos, não fazemos isso para beneficiar nem ao governador, nem ao prefeito, nem à oposição, fazemos isso para beneficiar os sergipanos. Seja através dos investimentos, ou através da saúde financeira do Estado resguardada a partir dos novos recursos que entram”, complementou o governador.

Para Marcelo Déda, esta reunião de trabalho de três horas “foi bastante produtiva, consolidando a convicção de que Sergipe saberá aplaudir a todos que participaram deste momento histórico, tanto os deputados da oposição, os deputados governistas, o Governo do Estado e a Prefeitura de Aracaju”.




LEIA TAMBÉM:

 

Reforma do Código Penal tem novo debate dia 14

 

Igualdade de direitos para as domésticas está na pauta da CCJ

 

Câmara terá comissão para avaliar fim do fator previdênciário

 

Ferramenta da Fiesp permite calcular se o desconto na conta de luz está sendo aplicado

 

TJSE realiza 1ª reunião de acompanhamento das Metas 2013 do CNJ

 

Economia: Governo de Sergipe diz que vai reduzir em 20% suas contas públicas

 

“Lei da Igualdade” ainda aguarda votação no Plenário

 

Após reunião conciliatória, governador prevê envio do projeto do Proinveste esta semana

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário