terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Proinveste: João Alves diz que não ficará contra Sergipe

Prefeito também se mostra otimista em relação a parcerias como governo federal


Por Max Augusto


Questionado sobre o seu posicionamento em relação ao Proinveste, em entrevista concedida durante o Pré-Caju a diversos radialistas, o prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), afirmou que não pretende lutar contra qualquer projeto que seja a favor de Sergipe. Ele também se mostrou otimista em relação a parcerias com o governo federal e não descartou liberar um reajuste na tarifa do transporte coletivo na capital.





“Eu quero deixar bem claro o que eu já falei: jamais um sergipano me verá lutando contra qualquer projeto que seja a favor de Sergipe. Mas acho que a crítica sempre se faz com a conversa, e não precisa apoiar o projeto como está formatado, cabem alterações também”, disse João. Ele também lembrou que os vereadores do PT se uniram para apoiar o seu candidato à Presidência da Câmara – o que segundo ele, significa que foi passado uma mensagem de união para apoiar o Município. 


“Os vereadores dera uma lição. Os projetos que estão no interesse dos aracajuanos estaremos iguais. Eu vejo assim, sempre aprendi que política se faz com diálogo, esse é meu pensamento. Não significa que não venhamos fazer críticas, mas aqui estou falando em nome de minha posição de prefeito de Aracaju e minha forma de fazer política”, continuou João, sem manifestar diretamente sua posição sobre o caso.


Parcerias
Questionado sobre possíveis parcerias com o Governo Federal, João disse que ficou surpreso com a declaração da presidente Dilma Roussef (durante a visita da semana passada, em que esteve com ela e o governador Marcelo Déda) de que pretende dar uma grande força aos municípios, independentemente das bandeiras partidárias.


“Fiquei com muita fé com essa mensagem, entendo que fui eleito para ser prefeito de todos os aracajuanos, aqueles que votaram em mim e os que não votaram. Então essa coisa de briga política por causa de partido deve ser agora esquecida, para retomarmos a luta partidária daqui a dois anos. Eu já fui governador e Marcelo Deda prefeito e nós mantínhamos um entendimento muito bom”, afirmou o prefeito.


Ônibus 
Também questionado pelos jornalistas sobre o reajuste na tarifa do transporte coletivo da capital sergipana, o prefeito do DEM deixou claro que ainda não recebeu proposta oficial de reajuste do Setransp, mas deixou claro que essa decisão, para ele, deverá ser técnica. “Com uma proposta em mãos vamos estudar, essas coisas têm que ser resolvidas com critérios técnicos. Na administração, devemos sempre resolver pela razão e não pelo coração. O meu coração diz que eu não devo fazer, mas vamos pela razão. Vamos examinar os fatos, todos os parâmetros que são examinados para o preço de tarifa”, concluiu.

LEIA TAMBÉM:



Governador recebe confirmação da presença da presidente Dilma em Sergipe














www.maxaugusto.com.br
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário