terça-feira, 29 de janeiro de 2013

João Alves destaca competência e força da presidente

O prefeito de Aracaju, João Alves Filho, esteve nesta terça-feira, dia 29, prestigiando a inauguração do Parque Eólico da Barra dos Coqueiros (SE). São 23 torres, com 100 metros de altura, cada uma contendo aerogeradores que produzem um total de 34,5 megawatts. Energia suficiente para abastecer uma cidade com 120 mil habitantes.

Durante o discurso, a presidente da República, Dilma Rousseff, cumprimentou as autoridades destacando, dentre elas, o prefeito João Alves. "Quero cumprimentar o ex-governador e atual prefeito eleito de Aracaju, que contribuiu para o desenvolvimento desse Estado", destacou a presidenta, lembrando que manteve um bom relacionamento com o João Alves enquanto ela ocupava o cargo de ministra de Minas e Energia.
 O prefeito de Aracaju, que esteve com a presidente ontem, durante o Encontro Nacional de Prefeitos e Prefeitas, em Brasília, saiu desses dois encontros - ontem e hoje - com admiração redobrada e profundamente entusiasmado com a garra e energia demonstrada pela presidente.
"Eu a conheci como uma técnica de muita competência, e demonstra, hoje, ser também uma política muito preparada. Demonstra firmeza e segurança em uma linguagem acessível, tanto em reuniões técnicas e fechadas como a de ontem, como a de hoje, diante da população. A presidente Dilma hoje, diferentemente do que setores da imprensa tentaram colocar, possui um domínio total da situação do país, não só expondo todos os dados econômicos, como a respeito, principalmente, da questão energética, onde ela assegura que não há nenhum risco de crise no setor. Resumindo, ela demonstra total otimismo no Brasil", declarou João Alves.
Sobre a situação energética, a presidente ainda lembrou que, na semana passada, foi feito comunicado oficial sobre o barateamento da energia elétrica. "Anunciei na quarta-feira, dia 23, que a conta de luz de cada cidadão brasileiro em sua residência, será reduzida em 18%, e a conta das empresas, que recebem energia numa tensão mais elevada, teve redução de até 32%. Isso significa que, após o pagamento em 30 anos dos investimentos em hidrelétricas, o cidadão hoje recebe esse benefício. Além disso, o Governo ainda reduziu os encargos que incidiam sobre esse setor", disse.
Para o ministro de Minas e Energia, Edson Lobão, a situação energética do país caminhava para um novo apagão, como em 2001. "Por conta dos investimentos atuais no setor de eletricidade, somos um país com absoluta sustentabilidade da fonte energética. A energia eólica é boa, limpa e uma das mais seguras do mundo".
O governador Marcelo Déda elogiou a postura do prefeito João Alves, por receber a empresa especializada em prestar serviços de Callcenter AlmaViva do Brasil,  que trará para Aracaju sua sede gerando 3.500 empregos na capital sergipana. "Quero agradecer ao prefeito João Alves Filho que manteve a negociação firmada na administração anterior".
O Parque é controlado pela empresa Desenvix e apenas foi possível graças ao investimento de US$ 56 milhões, garantido junto a um banco chinês. O estado de Sergipe foi escolhido para a implantação do parque Eólico porque está inserido no Plano de Desenvolvimento Industrial e de Recursos Minerais de Sergipe (CODISE); pelo local ter a predominância de ventos, o que torna o projeto economicamente viável; e pela logística, por estar perto do porto de Barra dos Coqueiros.
Entrega de Retroescavadeiras
O Ministério do Desenvolvimento Agrário aproveitou a oportunidade para entregar a municípios de Sergipe, 20 retroescavadeiras, uma para cada cidade. Para receber os veículos as cidades não poderiam ter mais de 50 mil habitantes e devem estar na área rural do estado, requisitos que exigidos pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).
De acordo com o ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, que entregou simbolicamente a chave de uma das máquinas, anunciou ainda que as cidades sergipanas que ainda não receberam as retroescavadoras serão beneficiadas ainda com uma motoniveladora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário