segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Jackson participa de festividades em Japaratuba e Santa Rosa de Lima

Um fim de semana de muita fé, cultura e religiosidade. Foi assim o sábado e o domingo do vice-governador Jackson Barreto, que visitou os municípios de Santa Rosa de Lima e Japaratuba, onde acompanhou as tradicionais festividades de São Benedito e Santos Reis – datas celebradas pela Igreja Católica, mas também comemoradas pela cultura popular de influência afro-brasileira, principalmente.


Na noite do último sábado, dia 04, o vice-governador visitou a sua terra natal, onde acompanhou a tradicional Procissão dos Motoristas e missa de São Benedito, que é o patrono do município. O evento é uma das datas mais importantes do calendário cultural local e integra uma programação que só foi concluída ontem (06/01), com uma alvorada festiva. O padre Marcos Rogério puxou a procissão, acompanhada por muita gente a pé, motoristas, motociclistas e caminhoneiros, que mantém a tradição há vários anos.

Em Santa Rosa, durante procissão

Coroação do Rei e Raiha do Cacumbi, em Japaratuba


“A festa e essa celebração possuem grande influência da cultura negra, que é muito forte em toda esta região canavieira. A festa é muito bonita e faço sempre questão de estar presente, só lamento que em Santa Rosa não existam mais os tradicionais grupos folclóricos e tradições populares, que eram muito presentes nestas festas, mas não foram transmitidos  de pai para filho”, disse Jackson, que aproveitou a ocasião para cumprimentar amigos e familiares.

Japaratuba
Já na manhã do domingo (06/01) o vice-governador esteve no município de Japaratuba, acompanhando a festa de Santos Reis e São Benedito. Após uma rápida visita ao prefeito eleito do município, Padre Geraldo, Jackson acompanhou o cortejo dos grupos folclóricos até a Igreja Matriz, onde participou da missa e ao final da cerimônia prestigiou a tradicional coroação do Rei e da Rainha do Cacumbi – uma centenária manifestação folclórica.

Após a coração, os diversos grupos do município se apresentaram em frente à igreja. Estavam lá o Reisado, Pastoril, Marujada, Maculelê, Capoeira e Maracatu, Bacamarteiros e outros.

Jackson lembrou que os escravos ajudaram a construir o Brasil, com seus braços, mas não perderam suas tradições e nos deixaram um legado cultural muito forte. “A festa de Santos Reis em Japaratuba é uma referência e faço questão de estar aqui, é como assistir a um renascimento e fortalecimento da cultura popular, é uma festa emblemática, que revigora as tradições, destacando todo o sincretismo da nossa cultura”, afirmou.

O prefeito do município, Padre Gerard, explicou que a coroação do Rei e da Rainha do Cacumbi é uma tradição de origem africana mantida pelos descendentes do povo que foi escravizado e trabalhou na região. “Eles mantinham a cultura e seus cultos de forma escondida, porque os donos das terras eram da religião católica. Hoje essa manifestação representa não apenas o folclore, mas o desabafo de um povo que sofreu muito, mas que resistiu”, disse.

O padre Luis Rodrigues explicou o significado católico da data, que representa o momento em que Deus se manifesta para todos os povos, representados na figura dos Reis Magos. Já o vice-prefeito Hélio Sobral lembrou que a festa é a data mais tradicional do município, e a deputada Conceição Vieira, nascida lá, destacou que a festa de São Benedito faz referência à libertação.

Presenças

Estiveram acompanhando a missa e as manifestações folclóricas o vice-prefeito do município, Hélio Sobral, o presidente da Câmara de Japaratuba, vereador Acioli e a deputada estadual Conceição Vieira, além de secretários municipais e vereadores.


LEIA MAIS:


Secretaria do Meio Ambiente será responsável por licenciamentos


Vinícius Porto: “O Plano Diretor terá prosseguimento”


Jeferson Passos: “Não existem dívidas no montante alardeado”


Prefeita expõe em praça pública frota sucateada herdada da gestão anterior


Cancelados contratos com pessoal e foram exonerados os ocupantes de cargos em comissão gratificada da prefeitura de Canindé


Heleno decreta estado de emergência em Canindé


Por que Lula?


Novo prefeitoafirma que dívidas em Rosário do Catete passam dos R$ 8 milhões


Jackson participa de festividades em Japaratuba e Santa Rosa de Lima


Suposto descaso de ex-prefeito em General Maynard vira caso de polícia


Cesta básica aumenta em todas capitais em 2012


68% dos municípios de Sergipe não pagaram os salários de dezembro







Nenhum comentário:

Postar um comentário