segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Heleno decreta estado de emergência em Canindé

O prefeito de Canindé de São Francisco, Heleno Silva, decretou Estado de Emergência na cidade. Os motivos foram a instabilidade administrativa financeira em que ele diz ter encontrado o município, ao tomar posse no dia 1º de janeiro.


Segundo Heleno, a cidade foi deixada pelo ex-gestor sem projetos licitatórios básicos que viabilizassem o funcionamento da maquina pública. Canindé foi recebida sem o trabalho de limpeza pública, há falta de merenda escolar e os alunos ainda estão tendo aulas em recuperação ao tempo perdido durante a greve realizada no governo passado pelos funcionários da Educação.

Até mesmo os postos de Saúde estariam com atendimento deficitário, prejudicando toda a população que precisa do atendimento medico.
No decreto o prefeito Heleno Silva suspendeu todos os contratos e pagamentos de convênios expedidos ou firmados em exercícios anteriores e por outros gestores. A medida irá vigorar até que seja feito uma análise pelos setores responsáveis, com vistas a avaliar os efetivos cumprimentos do que já foi pago.

Para que os problemas sejam sanados de imediato, a administração pública de Canindé fica autorizada, após o decreto, a contratar serviços e adquirir materiais necessários para o bom andamento da gestão.

LEIA MAIS:


Secretaria do Meio Ambiente será responsável por licenciamentos


Vinícius Porto: “O Plano Diretor terá prosseguimento”


Jeferson Passos: “Não existem dívidas no montante alardeado”


Prefeita expõe em praça pública frota sucateada herdada da gestão anterior


Cancelados contratos com pessoal e foram exonerados os ocupantes de cargos em comissão gratificada da prefeitura de Canindé


Heleno decreta estado de emergência em Canindé


Por que Lula?


Novo prefeitoafirma que dívidas em Rosário do Catete passam dos R$ 8 milhões


Jackson participa de festividades em Japaratuba e Santa Rosa de Lima


Suposto descaso de ex-prefeito em General Maynard vira caso de polícia


Cesta básica aumenta em todas capitais em 2012


68% dos municípios de Sergipe não pagaram os salários de dezembro


Nenhum comentário:

Postar um comentário