sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Governo antecipa gratificação de PMs que trabalharão no Pré-Caju

No total, quantia liberada foi de R$ 890 mil e atende solicitação do Comando Geral da Polícia Militar de Sergipe

Os militares que trabalharão no Pré-Caju irão garantir a segurança da festa e dos foliões com a Gratificação de Atividade em Eventos (Grae) já depositada em suas contas bancárias. O Governo do Estado atendeu solicitação do Comando Geral da Polícia Militar de Sergipe e efetuou o pagamento na última quarta-feira. No total, a quantia liberada foi R$ 890 mil.


De acordo com o assessor de Comunicação da Polícia Militar (PM/SE), major Paiva, a antecipação da gratificação representa o reconhecimento do Estado ao trabalho do efetivo durante os quatro dias de prévia carnavalesca. Dos 1.300 militares escalados para a festa, 1.200 são policiais e 100 são bombeiros.

“O pagamento antecipado da Grae é também uma forma de motivar o policial e de reconhecer seu empenho durante o Pré-Caju. Antes, as gratificações eram pagas depois da festa. Para desfazer essa situação, que gerava insatisfação nos militares, o Comando da PM solicitou ao Governo do Estado a antecipação do pagamento”, informou Paiva, acrescentando que 92 policiais militares ainda não receberam a gratificação por conta de problemas na documentação." Encontramos erro no CPF de alguns militares que impossibilitaram o pagamento da Grae. Assim que a documentação for regularizada, esses 92 oficiais receberão suas bonificações".

Para garantir a segurança de foliões e comerciantes, a Polícia Militar irá empregar um efetivo de 1.200 homens por noite. Esse número aumenta no sábado, 19, dia de maior público da prévia. O Plano de Segurança inclui 52 viaturas, 32 elevados, 32 patrulhas, duas cabines de desarmamento, oito plataformas móveis de observação, as quais acompanham os trios, e o Grupamento Tático Aéreo (GTA), que auxilia o policiamento terrestre e atuará caso necessite transportar feridos.

Serão 18 portões de acesso distribuídos ao longo dos quatro quilômetros da  avenida Beira Mar. Cada portão contará com detectores de metal e câmeras de monitoramento. “As câmeras de monitoramento nos portões de acesso são a novidade no plano operacional deste ano. Também ampliamos o número de câmeras no Corredor da Folia, parte final do desfile dos trios. Teremos sete câmeras nesse ponto. Cerca de 25% do efetivo atuará no policiamento periférico, cobrindo as ruas e avenidas transversais à avenida Beira Mar, com viaturas, motocicletas e conjunto de cavalaria”, disse Paiva.

Outra mudança na segurança do Pré-Caju deste ano é a atuação conjunta das polícias Civil e Militar nos portões de maior movimento. A Polícia Civil disponibilizará 120 servidores e contará com uma delegacia no Parque da Sementeira, um ponto fixo no estacionamento do Banese da avenida Francisco Porto e equipes do Grupo Especial de Repressão e Busca (GERB).

Corpo de Bombeiros
Já o Corpo de Bombeiros irá utilizar um efetivo de 100 militares, sendo que três pontos físicos serão montados em toda extensão do trajeto dos trios elétricos. Os militares contarão com oito veículos operacionais, sendo quatro de combate a incêndio, um de busca e salvamento, duas motocicletas e uma lancha.
 
LEIA MAIS:
 
 

Empresas de telefonia celular, cartão de crédito e bancos lideram queixas nos Procons

Ministério retoma obras do projeto de transposição do rio São Francisco

Projeto de Renan permite fundo de segurança pública custear tratamento psicológico de policiais

Projeto permite que professor acumule ensino com cargo administrativo

Comissões prometem mais rigor em 2013 com telefônicas e operadoras de cartões


Governador decreta ponto facultativo nesta sexta, 18

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário