terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Eduardo Amorim: carga horária mínima de educação física nas escolas

A disciplina de educação física poderá ser considerada obrigatória na educação básica, com carga horária mínima de duas horas semanais. É o que estabelece o projeto de lei do Senado (PLS) 249/2012, do senador Eduardo Amorim (PSC-SE).


Na justificativa do projeto, o autor diz que, desde 1996, quando da promulgação da Lei de Diretrizes e Bases para a Educação (LDB – Lei 9394/1996), não há mais determinação de carga horária das disciplinas e a escola é que elabora seu projeto pedagógico e define a carga horária de cada uma delas.

A medida, segundo Eduardo Amorim, representou “um preocupante enfraquecimento” da prática de esportes a partir da disciplina de educação física, que sempre enfrentou resistência no meio acadêmico, mas tinha a capa protetora da obrigatoriedade. Assim, argumenta o senador, apesar dos benefícios da educação física, hoje uma unanimidade, os professores da disciplina sempre tiveram que se preocupar em demonstrar para os pais, para o corpo docente e até mesmo para os alunos sua finalidade e sua importância para o futuro da sociedade.

Na visão de Amorim, o “problema pode e deve ser revertido pela legalidade”, já que seu projeto tornaria possível estabelecer carga horária mínima de educação física do ensino fundamental e médio, determinando a obrigatoriedade de duas aulas semanais da disciplina nas escolas públicas e particulares em todo o país.

O projeto, que tramita em caráter terminativo, está em análise na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE). O relator, senador Inácio Arruda (PCdoB-CE), já se manifestou pela aprovação da matéria.

LEIA MAIS:

Secretaria do Meio Ambiente será responsável por licenciamentos


Vinícius Porto: “O Plano Diretor terá prosseguimento”


Jeferson Passos: “Não existem dívidas no montante alardeado”


Prefeita expõe em praça pública frota sucateada herdada da gestão anterior


Cancelados contratos com pessoal e foram exonerados os ocupantes de cargos em comissão gratificada da prefeitura de Canindé


Heleno decreta estado de emergência em Canindé


Por que Lula?


Novo prefeitoafirma que dívidas em Rosário do Catete passam dos R$ 8 milhões


Jackson participa de festividades em Japaratuba e Santa Rosa de Lima


Suposto descaso de ex-prefeito em General Maynard vira caso de polícia


Cesta básica aumenta em todas capitais em 2012


68% dos municípios de Sergipe não pagaram os salários de dezembro


Nenhum comentário:

Postar um comentário