terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Déda reúne base aliada para debater convocação extraordinária de deputados para votação do Proinveste

O governador Marcelo Déda continua trabalhando para garantir que Sergipe tenha acesso à linha de crédito ofertada pelo Proinveste. Na manhã desta terça-feira, 22, Déda reuniu deputados da base aliada para discutir a convocação extraordinária dos membros da Assembleia Legislativa para votação do Programa, o qual injetará na economia sergipana mais de R$ 727 milhões. Estiveram com o chefe do Executivo os deputados Gustinho Ribeiro, Jeferson Andrade, Mitidieri, Garibalde, Zezinho Guimarães e o vice-governador Jackson Barreto.


“Deflagramos um processo de reuniões com as bancadas de apoio na Assembleia Legislativa. Hoje, recebemos a bancadas do PSD e do PMDB e receberemos a bancada do PT e os parlamentares que integram individualmente a bancada e que não estão vinculados a partidos. Nosso objetivo é ouvir os deputados para analisar a estratégia de votação, sugestões sobre as datas mais adequadas para a convocação e quando concluirmos essas reuniões, iremos conversar com a presidente da Casa, a deputada Angélica Guimarães”, informou Marcelo Déda.

O Programa

O Proinveste foi criado pelo Governo Federal em julho do ano passado e entrou em vigor em agosto. A carta de crédito no valor de R$ 20 bilhões prevê investimentos nas áreas de educação, saúde, segurança, desenvolvimento da infraestrutura urbana e de transporte, desenvolvimento da infraestrutura produtiva dos perímetros irrigados e distritos industriais e abertura de espaço fiscal, permitindo a amortização de operações de crédito já contratadas, em condições financeiras mais favoráveis.

 A carta de crédito disponibilizada para Sergipe soma R$ 1,435 bilhão. Desse montante, O Governo do Estado pleiteia o uso de R$ 727 milhões para a execução do plano de investimentos 2012-2014, composto por uma ampla carteira de projetos estruturantes nas mais diversas áreas, como saúde, educação, logística, infraestrutura produtiva, habitação, saneamento ambiental, urbanismo e mobilidade urbana.

Consta no Plano de Investimentos apresentado, o acesso à linha de crédito do Proinveste no valor de R$ 567 milhões. A quantia, negociada com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), será utilizada para renegociação de empréstimos anteriores e na aquisição de equipamentos para os novos hospitais regionais; na construção de centros profissionalizantes de ensino; na infraestrutura de núcleos industriais; na implantação de novas rodovias; na recuperação de perímetros irrigados; na reforma de escolas; em esgotamento sanitário e abastecimento de água em Aracaju e no interior.

O programa de ações inclui ainda a continuidade ao programa Pró-Moradia, o qual prevê a construção de 1.740 unidades habitacionais para famílias que residem em situações insalubres nas ocupações da avenida Euclides Figueiredo, em Aracaju; do Canal do Guaxinim, na Barra dos Coqueiros; e do Rio do Sal, em Nossa Senhora do Socorro; a execução das obras de esgotamento sanitário em São Cristóvão, Aracaju (bairro Aruana), Estância (Praia do Saco), Barra dos Coqueiros e segunda etapa da barragem do rio Poxim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário