segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Centro de Hemoterapia alerta para redução nas doações

Na primeira semana de 2013, o comparecimento de doadores voluntários de sangue ao Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) permaneceu reduzido. Nos quatro primeiros dias do ano, foram coletas apenas 341 bolsas de sangue, com uma média diária de 86 doações, quando o ideal seria, pelo menos, 120 doações por dia.

De acordo com a assistente social do Serviço de Captação de Doadores, Jacinta Cardoso, a baixa nas doações começou no mês de dezembro. Ela explicou que a diminuição é reflexo das festas de final de ano e das férias escolares. "Esses são períodos críticos para o serviço de doação de sangue em todo o País", lembrou ao afirmar o Hemose necessita de qualquer tipo de sangue, A, O, B e Ab, fator Rh positivo e negativo.
 
Para tentar reverter a situação, o Hemocentro de Sergipe está buscando os parceiros para renovar as campanhas destinadas à doação e também sensibilizar os cidadãos para a necessidade de fazer da doação, um ato frequente. "Temos muitos doadores que comparecem ao serviço somente quando algum parente ou amigo precisa", pontuou.
 
Conforme a RDC 57/2011, do Ministério da Saúde, que regulamenta o serviço de doação de sangue no Brasil, as mulheres possuem um intervalo de tempo diferente dos homens para doar. Para elas, o intervalo é de 90 dias (3 meses) entre uma doação e outra. Já os homens podem doar sangue a cada 60 dias (2 meses). Esse intervalo é para o organismo recuperar o nível de ferro no sangue.
 
Informações
Para ser doador é preciso ter entre 16 e 67 anos, pesar acima de 50 kg, não tomar remédio controlado, não ter ingerido bebida alcoólica até 12 horas antes da doação e estar gozando de boa saúde. Mais informações através dos telefones: (79)3225-8000 begin_of_the_skype_highlighting            (79)3225-8000      end_of_the_skype_highlighting e 3259-3174 ou no site: www.hemose.se.gov.br.


LEIA MAIS:


Secretaria do Meio Ambiente será responsável por licenciamentos


Vinícius Porto: “O Plano Diretor terá prosseguimento”


Jeferson Passos: “Não existem dívidas no montante alardeado”


Prefeita expõe em praça pública frota sucateada herdada da gestão anterior


Cancelados contratos com pessoal e foram exonerados os ocupantes de cargos em comissão gratificada da prefeitura de Canindé


Heleno decreta estado de emergência em Canindé


Por que Lula?


Novo prefeitoafirma que dívidas em Rosário do Catete passam dos R$ 8 milhões


Jackson participa de festividades em Japaratuba e Santa Rosa de Lima


Suposto descaso de ex-prefeito em General Maynard vira caso de polícia


Cesta básica aumenta em todas capitais em 2012


68% dos municípios de Sergipe não pagaram os salários de dezembro


Nenhum comentário:

Postar um comentário