sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

“Não podemos admitir perda de verba por falta de projetos”, afirma Eduardo Amorim

O trabalho de interlocução com os ministros de Estado, para a liberação de emendas, requer audiências, planejamento e o convencimento da necessidade para que o recurso “dinheiro” realmente chegue para atender as demandas dos entes federados. Em uma semana o senador Eduardo Amorim (PSC-SE) esteve com os ministros Alexandre Padilha (Sáude), Aloizio Mercadante (Educação), Ildeli Salvatti (Relações Institucionais) e Paulo Sérgio Passos (Transportes). “Não basta apenas apresentar emendas, o acompanhamento é essencial”, disse Amorim.

Líder do Partido Social Cristão no Senado, Eduardo Amorim, e mais 14 senadores integram o Bloco Parlamentar “União e Força” composto por PTB, PSC, PR e PPL. Semanalmente o grupo amplia debates que irão repercutir na Câmara Alta. “A ministra Ildeli Salvatti já esteve conosco no Bloco o diálogo existe e é franco, assim como já estivemos em reuniões de líderes com a presidente Dilma Rousseff. As demandas de Sergipe devem ser mostradas e esse é nosso dever. Não podemos admitir mais a perda de verbas federais por falta de projetos”, informou Eduardo Amorim.
“Já garantimos, por exemplo, as primeiras emendas para o Hospital do Câncer e tratamos esse assunto com Ildeli. Apresentei, ainda, a segunda emenda. Há um processo de atraso para essas liberações. Se não estivermos constantemente trazendo o assunto, dificilmente ele sai do papel”, disse Amorim ao informar que esteve com Alexandre Padilha. “Ele garantiu as liberações não apenas a minha pessoa, mas ao Bloco Parlamentar que estava presentes na última reunião”.  
Acompanhamento
Em audiência no Ministério dos Transportes, Amorim, reivindicou a continuidade e adequação das obras da Travessia na BR-235 com o ministro, Paulo Sérgio Passos e o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Jorge Ernesto Fraxe. O parlamentar adicionou em 2010 uma emenda de bancada com o propósito de promover o melhoramento, a adequação de capacidade e a segurança da Travessia Urbana de Itabaiana, com complementação e restauração das pistas laterais da rodovia. A obra está orçada em quase R$ 20 milhões. “As obras já foram retomadas e irão ser concluídas como a população espera”, disse Amorim.
Recursos para a capital
O senador acompanhou, também, o prefeito eleito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), em Reunião Almoço do Bloco Parlamentar. O convite a João Alves partiu do senador Eduardo Amorim. "Queremos garantir bons resultados para a nova gestão que começará a partir de janeiro de 2013. Formamos a terceira maior força do Senado e um importante braço de apoio às causas que avancem o desenvolvimento de Sergipe", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário