domingo, 2 de dezembro de 2012

Memorial do Judiciário realiza evento natalino na próxima segunda-feira


'Semeando a Paz’ é o tema do Natal do Memorial do Judiciário, que acontecerá na próxima segunda-feira, dia 3 de dezembro, às 18h30. O evento terá como atrações a Orquestra Sanfônica de Aracaju, o Coral do Ministério Público do Estado de Sergipe, um tributo à paz, com performance de uma bailarina, apresentação de um grupo de crianças do Peti do município de Canindé do São Francisco e, claro, o Papai Noel distribuindo doces para as crianças. 

Em sua quinta edição, o Natal do Memorial traz não só as apresentações, mas também um show de iluminação no Palácio Silvio Romero, como é chamado o prédio que foi construído em 1892 para sediar o Tribunal de Relação. Para o conforto da população, que tem acesso gratuito ao evento, o trânsito será interrompido no trecho do Memorial. Participe!

Exposição

‘Natividade’ é o tema da exposição que será aberta ao público no Memorial do Judiciário a partir de terça-feira, dia 4 de dezembro. A exposição trará presépios de vários artistas brasileiros e um da Guatemala. Tendo como curadora Sayonara Vianna, da Secretaria de Estado da Cultura, a exposição ficará aberta ao público até o dia 21 de dezembro, das 8 às 14 horas. 

O Memorial do Judiciário fica localizado na Praça Olímpio Campos, no Centro de Aracaju, ao fundo da Catedral Metropolitana. A visitação de grupos pode ser agendada através do telefone 3213-0219 / 3213-0771.




LEIA TAMBÉM:

Índice de homicídios em Itabaiana é o dobro de São Paulo


Prefeito eleito de Estância começa a anunciar seus secretários


Presa garota que traficava drogas em porta de shows


Memorial do Judiciário realiza evento natalino na próxima segunda-feira


Tribunal de Justiça barra licitação do transporte irregular


Heleno Silva se empenha em votação de MP contra a seca


Eduardo Amorim, André Moura e Laércio Oliveira apresentam emendas coletivas à LOA 2013


Diário Oficial deixa de circular na modalidade impressa - será só eletrônico


Vereadores discutem cobrança de estacionamento e liberação de mototaxis


Fim da superlotação de presídios custaria R$ 4,2 bilhões

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário