quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Goretti Reis vai comandar a Secretaria Municipal de Saúde em Aracaju


A deputada estadual Goretti Reis (DEM) anuciou há poucos instantes que aceitou convite feito pelo prefeito eleito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), para comandar a Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju.  Filha de um dos políticos mais tradicionais da região Centro Sul de Sergipe, o ex-prefeito e ex-deputado lagartense Artur de Oliveira ReisLourdes, Goretti de Oliveira Reis, conhecida como Goretti Reis é natural de Lagarto.


Graduada em enfermagem e mestre em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), a deputada estadual Goretti Reis (DEM) disse saber do desafio que é assumir tal função e acha que demonstrou coragem ao aceitar o que classificou como uma das pastas mais problemáticas, a da Saúde. 

“Já atuei como Secretária Municipal de Saúde em Lagarto e em algumas maternidades de Sergipe como instrutora de parteiras leigas. Nas secretarias estadual e municipal de Saúde, ocupei diversas funções. Agora, mais uma vez, vou usar minha experiência na área. Meu objetivo é fazer com que a população possa receber uma saúde com qualidade e decência”, disse Goretti.

“Sei do desafio que me aguarda. Tenho conhecimento do caos da saúde em nosso Estado, por isso não pude deixar de atender a esse convite do Prefeito João Alves Filho. Sempre trabalhei pensando no bem estar do sergipano. Agora darei a minha contribuição em Aracaju. Na Assembleia, como deputada, uso a tribuna diariamente para reivindicar benefícios para as pessoas. Minha garra, determinação e os cargos que ocupei me credenciam para enfrentar essa nova batalha”.

Em Lagarto, Reis já esteve à frente do Hospital Nossa Senhora da Conceição e diretora da Fundação Nacional de Saúde em Sergipe- Funasa. Também esteve como presidente da Maternidade Zacarias Júnior e coordenadora do curso de Enfermagem na AGES, em Paripiranga na Bahia e diretora da Faculdade José Augusto Vieira (FJAV), em Lagarto. 

“Como Secretária de Saúde de Lagarto, implantei o Programa Saúde da Família e do PACS, projetos odontológicos, construção e ampliação de Centros de Saúde, criação do serviço 24 horas na Colônia Treze, informatização do processo de marcação de consultas, implantação de diversos programas inovadores no município, onde fomos premiados pelo Ministério da Saúde e pela UNICEF.”, ressaltou Goretti.

Goretti afirma ainda que já visitou outras capitais brasileiras para conhecer projetos que deram certo para serem implantados em Aracaju, a exemplo da Rede de Urgência e Emergência do Norte de Minas, onde teve acesso ao funcionamento da experiência pioneira de organização da Rede e a Regionalização do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). A enfermeira garante que mais uma vez está diante de um grande desafio e com muita vontade de acertar. Lembrou que para isso vai trabalhar todos os dias com um só objetivo, tornar a saúde em Aracaju uma verdade voltada para o bem estar de todos que dela precisam e para isso sabe que vai precisar do apoio de todos.  


LEIA TAMBÉM:



Valadares: A Política em Sergipe na ótica do Senador Amorim

 

Deputados sergipanos continuam com o maior recesso do país: 90 dias

 

Site "Copa Transparente" facilita acompanhamento de gastos para o torneio

 

OAB encontra inconstitucionalidades no Projeto de Lei que trata do Código de Ética Disciplinar dos Militares em Sergipe

 

Zona de Expansão: AL aprova plebiscito para definir imbróglio

 

COLUNA MAX AUGUSTO - Estacionamento pago, democracia e comunicação

 

João é diplomado e promete anunciar secretariado esta semana

 

Vereadores de Aracaju aprovam cotas para negros e índios em concursos

 

Ex-secretários de João não deverão assumir cargos na Prefeitura

 

Leis obrigam empresas a manterem cobradores em ônibus e prefeitura a afixar placas com itnerários nos pontos

 

Jackson critica deputado por votar contra o Proinveste



Nenhum comentário:

Postar um comentário