quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Tertuliano Azevedo é o mais novo Cidadão Aracajuano

O conselheiro aposentado do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE), Tertuliano Azevedo, é o mais novo Cidadão Aracajuano. A honraria foi concedida na manhã de ontem, no Plenário da Câmara Municipal de Aracaju (CMA). A homenagem foi iniciativa da vereadora Miriam Ribeiro (PSD), e foi aprovada por unanimidade pelos vereadores.


Personalidades sergipanas, amigos e familiares estiveram presentes na solenidade e viram Tertuliano Azevedo receber o título das mãos do presidente da Casa Parlamentar, Emmanuel Nascimento (PT). Para a vereadora Miriam Ribeiro, este título é um dos mais justos entregues pela Câmara. “Tertuliano Azevedo é merecedor da homenagem por ter se dedicado e trabalhado, no sentindo de trazer melhorias para a Aracaju, tanto como político e empresário, como advogado e executivo”, frisou.

Tertuliano e sua filha, a deputada Suzana Azevedo
Ainda no discurso de homenagem, a vereadora Miriam Ribeiro destacou a história de vida de Tertuliano, desde o seu nascimento, no município sergipano de Neópolis, no dia 17 de setembro 1930, até seu trabalho como conselheiro e o seu papel de pai e esposo dedicado. “Tertuliano Azevedo é uma figura ímpar para o nosso Estado. A Câmara se sente honrada em lhe conceder esta homenagem, está é apenas uma simples homenagem pelo reconhecimento do seu trabalho, extensivo em prol do desenvolvimento da cidade e dizer que quem ganha hoje é a Câmara e o povo de Aracaju”, destacou Miriam.

Já Tertuliano Azevedo iniciou sua fala dizendo que a solenidade tem um significado todo especial. “Para mim esta Casa é um monumento à independência política e um fórum de liberdade. Basta a recorrer à memória do tempo para que se destaque o papel da Câmara na historia política de Aracaju”, pontuou.  

Ainda em seu discurso, Tertuliano continuou relembrando momentos importantes da sua vida.  “É preciso reprisar sempre os episódios que marcaram o nosso passado, na época da ditadura fomos apontados como inimigos da nação. Fui preso político por duas vezes e confesso que não foi uma situação fácil. A minha trajetória política se confunde com a história política deste Estado. Sempre procurei ter uma participação ativa na construção da democracia sergipana. Não me arrependo de nada que eu fiz, pois tudo isso só me engrandece.", disse o homenageado.

“Gostaria de agradecer a Miriam, cuja visão política a fez prestar esta singela homenagem, e aos demais vereadores que aprovaram a propositura por unanimidade. Agradeço também a Emmanuel por essa homenagem oficial. Aracaju me proporcionou tudo de bom que tenho nessa vida, familiares e amigos. Muito obrigado a todos”, finalizou Tertuliano Azevedo.

Por fim o presidente da CMA destacou que é uma honra muito grande para o Legislativo Municipal ter aprovado o título. “Tertuliano é um cidadão que sempre lutou pela defesa da democracia do país. Está homenagem não é só dos 19 vereadores, mas também de todo povo de Aracaju”, disse Emmanuel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário