quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Sergipe não registra mortes por dengue em 2012

O Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, divulgou, em rede nacional, que o Brasil reduziu em 90% os casos de óbitos por dengue em 2012. Alinhado a essa tendência, Sergipe não registrou nenhum óbito confirmado por dengue nesse ano, ao contrário de 2011, quando registrou quatro mortes.



Em 2012, o número de notificações aumentou se comparado ao ano anterior. No ano passado foram notificados 6.402 casos, dos quais 3.588 foram confirmados e 78 casos foram considerados graves. Já esse ano foram notificados, até o mês de setembro, 10.554 casos. Desses, 3.606 foram confirmados, com 42 casos considerados graves, quase metade do ano passado. 

"Lembramos que esse aumento nas notificações reflete o cuidado com a prevenção da doença. Se a pessoa apresentar apenas dois sintomas que coincidam com os da dengue, a notificação já é feita para que o caso seja tratado com muito cuidado, evitando, assim, que se agrave em caso de confirmação", alerta o secretário estadual da Saúde, Silvio Santos.  

O secretário convoca ainda a população para ações permanentes. "Não adianta receber o agente de saúde e não seguir as orientações quando ele for embora. A prevenção deve ser diária e as medidas monitoradas dia a dia pela população, que é a maior aliada no combate ao mosquito da dengue", acrescenta Silvio Santos. 

De acordo com a coordenadora do núcleo de endemias da Secretaria Estadual da Saúde (SES), Sidney Sá, a redução nos índices da dengue em Sergipe está ligada as ações desenvolvidas pela SES, pelas Secretarias Municipais da Saúde (SMS) e o comprometimento da população.

Além da já habitual visita aos imóveis para verificar os possíveis focos da doença e da atividade dos carros de Ultra-Baixo Volume, conhecidos como carro fumacê, a SES, em 2012, contratou e treinou 400 agentes de endemias. Desses agentes, 30 foram direcionados para atuar na Brigada Itinerante e os outros distribuídos entre os municípios para reforçar o quadro de agentes já existentes. Além disso, foram realizadas ações educativas para os agentes como forma de melhor treiná-los para conscientizar a população sobre a importância de receber os agentes e de evitar os focos da doença em seus domicílios, afirmou a coordenadora.


LEIA TAMBÉM:


Protocolado pedido de CPI para investigar erros em pesquisas eleitorais


Ophir: presença na Comarca é obrigação de juiz e direito do cidadão


Deputados divergem sobre o fim do exame da OAB


Senado aprova projeto que define crimes cibernéticos


Sergipe não registra mortes por dengue em 2012


Gilson pede vistas ao projeto do Governo que solicita empréstimo


Plano Diretor continua sendo discutido na CMA


Governo de Sergipe conquista Certidão Tributária da Receita Federal


Suzana:“Nada vai ser aprovado na Assembleia sem o voto da oposição”

Nenhum comentário:

Postar um comentário