quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Novos vereadores querem melhorias no transporte


Aliados dizem que irão fazer cobranças ao prefeito eleito João Alves

Por MAX AUGUSTO

Em 2013 a Câmara Municipal de Aracaju terá uma renovação de quase 40%, por isso é grande a expectativa em relação à atuação dos novos vereadores. Em conversa com esses parlamentares que começarão a trabalhar no próximo ano, o JORNAL DA CIDADE apurou que boa parte deles pretende trabalhar para buscar melhorias no transporte coletivo e em outras questões ligadas ao trânsito e à mobilidade urbana. Até mesmo vereadores que integram a base aliada do prefeito eleito dizem que pretendem cobrar dele melhorias nestes setores.

O vereador Adriano Taxista (PSDB), por exemplo, afirma que tem interesse em debater o transporte público, que presta hoje um serviço muito ruim à população. “O trânsito é hoje um dos maiores problemas de Aracaju. Se tivermos um transporte coletivo de qualidade as pessoas vão deixar seus veículos em casa para utilizar os ônibus, melhorando inclusive o trânsito”, disse ele.

Adriano avalia que o transporte público tem deixado a desejar e acredita que os novos vereadores que estão chegando à Câmara terão muito interesse em levar à pauta essa problemática, já que muitos são de origem humilde e possuem relacionamento mais estreito com comunidades carentes e bairros. “Hoje temos a segunda tarifa mais cara do nordeste e a população não consegue sequer utilizar os banheiros dos terminais. Vamos cobrar um transporte de qualidade e tenho certeza de que o futuro prefeito vai olhar para as comunidades mais carentes”, falou o futuro parlamentar, deixando claro que mesmo pertencendo a um partido aliado ao prefeito eleito, não deixará de realizar cobranças

Outro vereador que vai abordar esse tema é Agamenon Sobral (PP), que pretende colocar em pauta questões sobre o Plano Diretor e o Meio Ambiente, mas avalia que o grande problema da cidade hoje, que vem gerando preocupação à maioria dos moradores, é o trânsito. “A questão da cobrança nos estacionamentos dos shoppings é um problema que vamos discutir. Acho um absurdo a pessoa ter que pagar para comprar, e isso é também um problema do trânsito”, avaliou.

Mobilidade
O vereador Max Prejuízo (PSB), que integrará o futuro bloco da oposição, diz que terá a defesa dos idosos e a promoção do esporte como principais bandeiras, mas garante que não deixará de discutir a mobilidade urbana. “Aracaju cresce de forma assustadora, o número de pessoas e de veículos aumenta muito e precisamos com urgência de um transporte de qualidade, onde as pessoas passem menos tempo no trajeto, tendo acesso mais rápido aos lugares, melhorando assim a qualidade de vida”, opinou, garantindo que a cidade precisa avançar neste setor e que ele irá estudar para apresentar projetos que possam contribuir.

Demora
A vereadora eleita Daniela Fortes (PR) também pertence à um partido aliado ao futuro prefeito, mas é outra que vai debater os problemas do transporte na capital. Segundo ela os principais problemas dos ônibus que realizam o transporte coletivo na capital são a superlotação e a demora.

“O prefeito Edvaldo afirmou que iria fazer a licitação para resolver o problema do transporte, mas não fez nada. As pessoas continuam em ônibus superlotados e esperando muito nos pontos. Por isso vou sugerir a implantação de GPS nos terminais, para eu as pessoas saibam onde o ônibus está, podendo pelo menos saber se o veículo vai chegar na hora que ele precisa”, disse a vereadora.

Companheiro de partido de Daniela Fortes, o também vereador de primeira viagem, Dr. Agnaldo (PR), conta que é necessário observar bem a problemática de cada bairro. Representante do Bugio, onde ele obteve mais da metade dos seus votos, ele diz que naquele bairro, os moradores do Anchietão precisam andar até dois ou três quilômetors após descer do ônibus. “O transporte  precisa passar por aquela comunidade, e devemos trabalhar para resolver outros problemas similares a estes”, concluiu.


LEIA NO BLOG DO MAX:


Exames mostram estabilização da doença do governador Marcelo Déda

 

Jackson Barreto realiza audiências e recebe o ex-governador Albano Franco

 

Comissão de Educação pode votar Ato Médico hoje






 





Nenhum comentário:

Postar um comentário