terça-feira, 6 de novembro de 2012

Jackson Barreto recebe cônsul Francês e discute investimentos

Na manhã desta terça-feira, 6, no Palácio de Veraneio, o governador em exercício, Jackson Barreto, reuniu-se com o Cônsul Geral da França para o Nordeste, Patrice Bonnal, e debateu o aprofundamento das relações econômicas da França com o Brasil e com Sergipe.



Governador em exercício discutiu também
intercâmbio educacional
“Foi uma visita de aprofundamento das relações bilaterais de nossos países, onde discutimos o papel do Brasil na América Latina, como um país que tem recebido a maior parte de investimentos da França nas relações comerciais. O Cônsul fez questão de afirmar que há uma confiança ilimitada nos investimentos franceses no Brasil. Conversamos também sobre o intercâmbio educacional, impulsionado pelo programa federal Ciência Sem Fronteiras. Foi uma troca de informações e de fortalecimento da amizade. A França gosta muito do Brasil e o povo brasileiro gosta muito da França”, declarou Jackson.

A instalação de uma das maiores fábricas do mundo no setor de vidros no município de Estância também foi pauta do encontro. Pertencente ao grupo Saint-Gobain, a unidade fabricará 77 mil toneladas de vidro por ano e entrará em operação em 2015, com financiamento através do Banco do Nordeste.

O empreendimento foi projeto apresentado ao governador em exercício no último dia 24 de outubro e é de grande interesse econômico e social para o Estado, não apenas pela geração de empregos – 485 na fase de implantação e 195 na operação – mas também pelo fortalecimento da cadeia produtiva sergipana, através da integração com os setores de alimentos e bebidas, pela qualificação da mão de obra e pela disseminação de práticas ecológicas saudáveis, como a reciclagem de vidros e garrafas usadas. O investimento na fábrica é da ordem de R$ 228 milhões, em duas fases, sendo R$ 200 milhões nos próximos dois anos e R$ 28 milhões em 2017.

Patrice Bonnal, cônsul da França, enfatizou o crescimento econômico do Brasil e o avanço das relações comerciais entre os dois países. “O Brasil é um dos países emergentes onde as empresas francesas mais investem, o que mostra a confiança na economia brasileira. Em Sergipe, com a instalação do grupo Saint-Gobain, serão mais de 500 empregos gerados. Essa é a primeira visita que fazemos a Sergipe, uma visita de cortesia e também para lembrar que a parceria entre Brasil e França é muito forte. Além de relações comerciais, falamos também sobre os estudantes brasileiros que irão à França através do programa Ciências Sem Fronteiras. Serão mais de dez mil universitários brasileiros que irão aprofundar seus estudos na França”, disse.



LEIA TAMBÉM:



Jackson Barreto recebe cônsul Francês e discute investimentos


Promotor de Justiça Sandro Luiz da Costa é o mais novo cidadão sergipano


Prefeitos e representantes de entidades mobilizados a favor do Proinveste


Em Sergipe, Carlos Britto discute combate à violência em SP


União gastou pelo menos R$ 1,8 bilhão com satélites nos últimos 12 anos


Aprovação de Dilma em Aracaju está entre as mais baixas nas capitais

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário