quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Secretários apresentam detalhes do pedido de empréstimo na Comissão de Finanças

A Comissão de Economia e Finanças da Assembleia Legislativa recebeu nesta quinta-feira os secretários de Estado da Fazenda, João Andrade, do Planejamento e Gestão, Oliveira Júnior, e Desenvolvimento Econômico, Saumíneo Nascimento, que apresentaram aos deputados dados da dívida consolidada de Sergipe, da capacidade de endividamento e detalhes do pedido de empréstimo (Proinveste) de R$ 727 milhões. Após a apresentação, parlamentares tiraram dúvidas com os dois auxiliares de governo.



João Andrade revelou aos deputados que o Estado nos dois primeiros anos da primeira gestão de Marcelo Déda não houve a contratação de empréstimos e o governo amortizou R$ 1,2 bilhão da dívida líquida. Em 31 de dezembro de 2006, observou o secretário da Fazenda, o atual governo assumiu o comando de Sergipe com uma dívida estimada em R$ 2,2 bilhões.


Secretários destacaram queda na receita
“Entre 2009 e 2010 os estados perderam receitas próprias por causa da grave crise financeira e por isso o BNDES precisou liberar créditos emergenciais”, declarou o secretário, mostrando os empréstimos tomados naquele período pelo governo. João Andrade disse aos deputados que Sergipe possui capacidade de endividamento e que a arrecadação atual permite tomar créditos emprestados.

Em 2006, comentou o secretário, a receita era de 3,8 bilhões e a dívida representava 60% do valor da arrecadação. O total da dívida consolidada hoje (2012), segundo João Andrade, é de R$ 2,4 bilhões e a receita saltou para R$ 5,1 bilhões, reduzindo o percentual da dívida para cerca de 50% da arrecadação. “Isso melhorou a capacidade de endividamento do Estado”, explicou.

“Em três anos pagamos perto de R$ 800 milhões de dívidas de governos anteriores. Em 2010 pagamos R$ 210 milhões, em 2011 foram R$ 193 milhões e em 2012 foram pagos R$ 148 milhões”, revelou João Andrade, lembrando que em seis anos foram pagos R$ 1,5 bilhão da dívida do Estado. De acordo com o secretário, com o novo crédito não haverá problemas futuros para os cofres: em 2013 serão pagos R$ 308 milhões da dívida, e em 2014 serão pagos R$ 322 milhões.


Proinveste

Oliveira Júnior mostrou aos deputados os projetos que aguardam pelos recursos do empréstimo de R$ 727 milhões. Segundo o secretário, os recursos são oriundos do Proinveste e do CPAC, que são operações de crédito criadas pelo governo federal para os estados. “Os efeitos desse empréstimo são enormes e trarão grandes benefícios para a economia e para a população de Sergipe”, declarou.

“Os recursos serão usados para combater os efeitos da crise econômica nos estados. Os investimentos foram planejados pelo governo federal, vão trazer competitividade ao Estado com a geração de renda e emprego. Estima-se a geração de mais de 27 mil empregos”, observou Oliveira Júnior. Segundo ele, serão feitos investimentos em infra-estrutura, obras estruturantes nas áreas de saúde, educação e segurança pública. O crédito, apontou o secretário de Planejamento e Gestão, vai garantir a melhoria na arrecadação de tributos, especialmente o ICMS.


Oliveira disse o empréstimo será aplicado na logística, saneamento básico, urbanismo, mobilidade urbana, entre outros setores. “O governo executará várias obras, como a reforma do perímetro irrigado da Ribeira, em Itabaiana e do perímetro irrigado do Piauí, em Lagarto. Em Itabaiana vamos construir a rodovia que ligará o município, pela BR-235, a Itaporanga D’Ajuda”.

“Vamos construir os hospitais do Câncer e das Crianças, rodovias, investir em habitação popular, saúde pública, saneamento básico e estrutura hidráulica”, destacou o secretário, apontando a execução de obras importantes em todo o Estado, como a duplicação da avenida Euclides Figueiredo e construção da ponte que liga a avenida Tancredo Neves a Coroa do Meio, em Aracaju.

LEIA MAIS:


Comissão do novo CPC começará a debater relatório no dia 30


Secretários apresentam detalhes do pedido de empréstimo na Comissão de Finanças


Presidente da CMA anuncia retomada da votação do Plano Diretor para próxima terça


Prefeito de Tobias Barreto pede retomada de obras do novo hospital


Justiça bloqueia contas de Itabaiana para garantir pagamento de servidores


Em Brasília, Presidente do TRE/SE solicita apoio para construção de Fóruns


Prefeitura reurbaniza o canteiro da avenida Rotary


Vereadores adiam votação do estatuto dos servidores


Nenhum comentário:

Postar um comentário