terça-feira, 23 de outubro de 2012

Professores de Santana do São Francisco ocupam a prefeitura

Os professores da rede municipal de Santana do Francisco ocuparam ontem a sede da prefeitura. O objetivo é reivindicar o pagamento de dois meses de salários atrasados: agosto e setembro, podendo chegar a três meses, se até o final do mês o prefeito Ricardo Roriz (PT) não fizer o pagamento. Por conta deste atraso a categoria está em greve há 63 dias e segundo eles nenhuma solução foi dada no sentido de resolver o drama por que passam mais de 70 professores desse município.


O Sindicato dos Professores afirmou que teve  que comprar, durante esse período, duas cestas básicas para cada professor, pois a situação de ausência de alimento já estava insustentável.

Durante esse segundo semestre, nos meses de julho, agosto, setembro e parte de outubro, a prefeitura de Santana do São Francisco arrecadou R$ 701.692,47, no entanto só pagou uma única folha, a de julho, no dia 10 de setembro. O valor de uma folha de pagamento dos professores soma R$ 173.000,00. 

“É um absurdo isso, e completamente inexplicável. O recurso entra nos cofres do município de dez em dez dias e ninguém sabe onde está sendo utilizado esse dinheiro”, diz Geise Morais, vice-coordenadora da Sub-sede de Neópolis e professora do município.

Justiça
O SINTESE, no início do ano, entrou com uma ação judicial na Comarca de Neópolis no sentido de obrigar a prefeitura a pagar os salários dos professores até o quinto dia útil, mas até o momento a ação não foi julgada pela juíza da cidade, Rosivam Machado.

“Nós gostaríamos de saber a razão de a juíza ainda não ter julgado esse processo. No mesmo período, e pela mesma razão, entramos com uma ação judicial contra a prefeitura de Neópolis e a mesma juíza em 45 dias deferiu o nosso pedido, mas em Santana nove meses depois, ainda não temos uma definição”, enfatiza o diretor de Comunicação do SINTESE, Joel Almeida.

A situação na cidade de Santana do São Francisco é de calamidade pública, de acordo com o sindicato. Além dos professores, a maioria dos servidores está com salários atrasados e o prefeito, segundo informações de funcionários da prefeitura, abandonou a cidade porque perdeu a eleição. Inclusive no momento da ocupação feita pelos professores, só estavam no prédio três funcionários e o secretário de Obras.

Um comentário:

  1. PISO DOS PROFESSORES PARA 2013 x PISO DO MEC 2013 - QUAL ENTRE OS POSSÍVEIS PISOS PIRATAS O MEC ADOTARÁ? PORQUE O MOVIMENTO SINIDCAL DEVE DEFENDER O PISO LEGAL PARA 2013 - CONFORME A FÓRMULA DA LEI DO PISO - PISO DO MEC ALÉM DE ILEGAL - VIOLA LEI E NÃO TEM CRITÉRIO FIXO SÓ GERA INSEGURANÇA E INJUSTIÇA - NUNCA SERÁ SUPERIOR AO VALOR DO PISO CALCULADO CONFORME A FÓRMULA DA LEI JULGADA CONSTITUCIONAL PELO STF: http://valdecyalves.blogspot.com.br/2013/01/piso-legal-x-piso-do-mec-piso-nacional.html

    ResponderExcluir