terça-feira, 16 de outubro de 2012

Presidente do SINTESE presta queixa contra prefeito de São Cristóvão

Por ainda não ter efetivado o pagamento dos salários de setembro da maioria dos profissionais de educação de São Cristóvão, a presidente do Sintese, Angela Melo, registrou Boletim de Ocorrência (BO) nesta terça-feira, na 12ª Delegacia Metropolitana, contra o prefeito do município, Alex Rocha. O BO foi registrado pelo delegado Deskson de Castro Almeida.



Após assembleia, os professores de São Cristóvão se dirigiram à delegacia, onde, por deliberação da categoria,  a presidenta do SINTESE registrou o boletim junto com Erineto Vieira dos Santos, professor da rede municipal de São Cristóvão e diretor do Departamento de Bases Municipais do Sindicato.
Ainda no boletim, a presidenta do SINTESE relatou que os professores que chegaram a receber seus salários, receberam com um desconto ilegal dos triênios. Procurando informações na prefeitura, os educadores foram informados de que teria havido “uma falha no sistema” e que esse corte seria pago no salário do mês que vem.

“Para além do abuso de reter indevidamente os salários dos professores, o que afeta inclusive o sustento das famílias desses educadores, nada justifica o corte dos triênios, que é um direito legal conquistado pela categoria. Não podemos aceitar isso de forma nenhuma e esperamos providências imediatas”, enfatiza Angela Melo.

LEIA MAIS:

COLUNA MAX AUGUSTO - Base governista elege 45 prefeitos

Deputados aprovam empréstimo de R$ 727 milhões para Sergipe


Projeto de Eduardo Amorim estabelece carga horária para a Educação Física


Rede Hoteleira tem crescimento em Sergipe


Valadares debate atualização do Código de Defesa do Consumidor


TCE deve julgar processo da licitação do transporte na próxima quinta

Nenhum comentário:

Postar um comentário