domingo, 29 de julho de 2012

Governo gastou 122 milhões em água, energia e telefone

Valor é relativo a 2011. Este ano a cifra já passa dos R$ 50 milhões

Por Max Augusto

De acordo com dados oficiais, somente em 2011 o Governo do estado de Sergipe gastou pouco mais de R$ 122 milhões com o pagamento das faturas de água, energia e telefonia. Este ano o valor deve ser praticamente o mesmo, já que levando em conta os gastos relativos até este mês, a cifra já chega aos R$ 54,7 milhões.


Em relação a 2011, a maior fatura foi paga à Companhia de Saneamento de Sergipe (DESO). A manutenção da água nas repartições públicas e obras custou aos cofres do governo R$ 94 milhões, enquanto o gasto com energia elétrica gerou a despesa de outros R$ 20,3 milhões – sendo que R$ 19,5 milhões foram pagos à Energisa e R$ 850 mil à Sulgipe (concessionária que fornece energia elétrica em parte da região sul do estado).

Ainda em 2011, as despesas com telefonia somaram pouco mais de R$ 7,7 milhões. De acordo com as informações disponibilizadas pelo governo do Estado, não fica claro se o valor é referente à telefonia fixa, móvel ou a ambas. Em pesquisa realizada pelo JORNAL DA CIDADE, a operadora OI (cuja razão social ainda é Telemar) foi a única contratada pelo governo – numa parceria que já dura alguns anos.

Em 2012 a Deso já recebeu do seu patrão, o governo do Estado, quase R$ 38 milhões, enquanto a Energisa acumula faturas pagas no valor de R$ 10,6 milhões. As contas de telefone com a Oi/Telemar geraram uma despesa de R$ 4,5 milhões.

Quem gasta
No ano passado a secretaria estadual que pagou as faturas mais altas à Deso foi a de Infraestrutura.  Nos três primeiros meses do ano a pasta gerou uma despesa média de R$ 7,5 milhões por mês. Já a Secretaria de Estado do Planejamento, Habitação e do Desenvolvimento chegou a pagar R$ 509,5 mil no mês de março e a Secretaria de Estado da Educação, R$ 446 mil. A Polícia Militar pagou R$ 151 mil (excluídos os gastos com o Hospital Militar) e tem mantido essa média.

O maior cliente da Energisa, dentro do governo do Estado, foi a Codise, que chegou a receber um boleto de R$ 893 mil. Depois vem a Secretaria de Educação (Seed), com médias de R$ 500 mil por mês, e a Deso, com R$ 410,7 mil. Em relação à Sulgipe, o maior consumidor também foi a Seed, com faturas médias de R$ 37 mil. Em 2012 as maiores despesas continuam sob o comando das mesmas pastas.


Gastos do governo em 2011

Deso     -   R$ 94.015.438,82
Energisa  - R$ 19.520.760,15
Sulgipe - R$ 849.446,64
Telemar – R$ 7.757.174
TOTAL – R$ 122.142.818,00

Gastos do governo em 2012 (Até este mês)

Deso - R$ 37.913.287,59
Energisa - R$ 10.638.520,70
Telemar - R$ quase 4,5 milhões

Nenhum comentário:

Postar um comentário